Bem Vindo/a…

Citação Publicado em Atualizado em

logo_asos1

ASSOCIAÇÃO SOLTAR OS SENTIDOS, surgiu da necessidade de colmatar a ausência de respostas não institucionais para jovens (dos 6 aos 21 anos) e respetivas famílias em situação de vulnerabilidade social. Apresentando-se assim como um recurso social ativo para as instituições públicas que necessitem de apoio ou acompanhamento, sempre que existam situações de intervenção nesta população alvo. Fomentando sempre que possível, o envolvimento, participação e co-responsabilização da família.

Procuramos alternativas de prevenção e combate a comportamentos de natureza desviante, tendo em vista o ajustamento social do jovem desenvolvendo as suas competências e criatividade. É com esta visão e muito empenho que trabalhamos, venha-nos conhecer!!!

Anúncios

A ASOS APOIA ESTUDO SOBRE CONFLITUALIDADE PARENTAL

Publicado em

A ASOS – ASSOCIAÇÃO SOLTAR OS SENTIDOS, no âmbito de um doutoramento em Psicologia Aplicada da Escola de Psicologia da Universidade do Minho, apoia o estudo on-line de validação para a população portuguesa, de uma medida de avaliação do conflito co-parental entre pais separados ou divorciados por questões relacionadas com a guarda dos filhos (ex: regime de convívio, residência, pensão de alimentos, etc).

Essa medida de avaliação é a Escala da Acrimonia (Emery, 1982).

Seria de extrema importância poder contar com a sua colaboração no preenchimento do questionário que se segue e que se encontra dividido em 3 partes.

Se consentir fazê-lo, não demorará mais de 15 minutos.

Para efetivar a sua participação neste estudo, necessita de cumprir TODAS AS SEGUINTES CONDIÇÕES:

1) ter mais de 18 anos

2) estar separado/a ou divorciado/a

3) ter filhos, menores de 18 anos, fruto dessa relação que resultou em separação ou divórcio

4) estar em conflito, incluindo conflito judicial, com o pai ou a mãe dos seus filhos por questões relacionadas com os mesmos

A sua participação é totalmente voluntária e a partilha da dados anónima.

Para participar, clique neste link:

https://www.esurveycreator.com/s/70cfd02

Agradecemos, desde já, a sua atenção e colaboração

MENSAGEM DE NATAL DA ASOS

Publicado em

O Natal é um momento mágico para todas as Crianças.

Ou deveria ser…

Mas infelizmente, até nesta Quadra, que deveria ser de felicidade, de alegria, de comunhão e de paz, as Crianças são vítimas do desentendimento dos adultos.

O conflito parental não deveria impedir as Crianças de ter um Natal sem constrangimentos que as levasse ao Mundo Mágico dos brinquedos, dos sonhos e da imaginação.

A ASOS – ASSOCIAÇÃO SOLTAR OS SENTIDOS deseja que esta Quadra Natalícia seja um momento de felicidade, podendo todas as Crianças usufruir da alegria de estar com toda a sua Família, mesmo em casos de divórcio ou separação.

UM SANTO NATAL E UM BOM ANO NOVO!

https://www.facebook.com/soltarossentidos/photos/a.209172795784065/2303906332977357/?type=3&theater

8 - CARTAZ NATAL 2018

I JORNADAS SOBRE PARENTALIDADE DO PORTO – “Evoluir do conflito parental para a coparentalidade”

Publicado em

RESUMO CURRICULAR DOS ORADORES

Drª EVA DELGADO – comunicação “PRINCÍPIOS DE INTERVENÇÃO DO PSICÓLOGO EM SITUAÇÕES DE CONFLITOS PARENTAIS / ALIENAÇÃO PARENTAL”

– Bacharel em Educação de Infância.

– Mestre, Licenciada e Doutorada em Psicologia Educacional pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada / Univ Nova de Lisboa (ISPA).

– Mediadora de Resolução de Conflitos, formada pelo Center for International Conflict Resolution (CICR) pela Columbia University, New York.

– Exerceu funções de docente no ISPA.

– Autora dos livros: “Casa de Pais… Escola de Filhos” e “Conversas com Pais”.

– Há 18 anos que desenvolve prática clínica em contexto privado: terapia familiar, acompanhamento individual ou em grupo, e em contexto de meio natural de crianças, jovens e pais.

Informações sobre o evento em:
https://www.facebook.com/events/932115406974025/

6 - FOTO EVA DELGADO

I JORNADAS SOBRE PARENTALIDADE DO PORTO – “Evoluir do conflito parental para a coparentalidade”

Publicado em

RESUMO CURRICULAR DOS ORADORES
 
Dr ARMANDO LEANDRO – comunicação “O SISTEMA DE PROTECÇÃO DE CRIANÇAS E JOVENS – QUE SENTIDO ACTUAL, QUE FUTURO?”
 
– Curso de Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra
– Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal de Justiça Jubilado
 
– Funções anteriores:
– Magistrado do Ministério Público
– Juiz
– Diretor do Centro de Estudos Judiciários – Formação de Juízes e de Magistrados do Ministério Público
– Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens
– Presidente da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia de Cascais
– Coordenador do Grupo CID (Crianças, Idosos, Deficientes; Cidadania, Instituições e Direitos), destinado à prevenção de maus-tratos em instituições
– Presidente da Assembleia-Geral da Associação Portuguesa para Apoio à Vítima
– Coordenador Nacional do Projeto Vida (Prevenção da droga e da toxicodependência).
 
– Funções atuais:
– Presidente da Comissão de Proteção de Testemunhas em Processo Penal
– Presidente da Direção da Associação Portuguesa para o Direito dos Menores e da Família – CrescerSer
– Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Portuguesa Contra a Sida
 
 
– Membro do Conselho de Curadores da Fundação Liga, da Fundação Pro Dignitate e da Fundação Brazelton/Gomes Pedro
– Membro do Conselho Consultivo da Escola de Criminologia da Faculdade de Direito da Universidade do Porto
– Membro do Conselho Consultivo do Instituto da Educação da Universidade do Minho
– Presidente da Assembleia-Geral da Associação «Recomeçar» – reinserção de pessoas com problemas de toxicodependência.
 
Informações sobre o evento em:
Z - CARTAZ DEFINITIVO - 13 NOV

I JORNADAS SOBRE PARENTALIDADE DO PORTO – “Evoluir do conflito parental para a coparentalidade”

Publicado em

RESUMO CURRICULAR DOS ORADORES

Dr JOAQUIM MANUEL SILVA – comunicação “UMA JUSTIÇA RESTAURATIVA PARA AS RESPONSABILIDADES PARENTAIS”

– Licenciatura em Filosofia.

– Licenciatura em Direito.

– Chefe de Serviços nos Recursos Humanos numa multinacional alemã.

– Professor do Ensino secundário, disciplina de filosofia.
– Advogado.

– Juiz de Direito no TFM de Mafra.

– Mestre em Ciências jurídicas-Civilistas com a dissertação “A Família das Crianças da separação dos Pais: a Guarda Compartilhada, o Conflito e o Abandono Parental”.

– Doutorando com a tese “Justiça Restaurativa na Jurisdição de Família e Crianças”.
– Orador nos últimos 6 anos em conferências, particularmente nas áreas Tutelar Educativa, Promoção e Proteção e das Responsabilidades Parentais, designadamente sobre a guarda compartilhada.

Informações sobre o evento em:
https://www.facebook.com/events/932115406974025/

FOTO JOAQUIM MANUEL SILVA

I JORNADAS SOBRE PARENTALIDADE DO PORTO – “evoluir do conflito parental para a coparentalidade”

Publicado em

I JORNADAS SOBRE PARENTALIDADE DO PORTO – “Evoluir do conflito parental para a coparentalidade”

RESUMO CURRICULAR DOS ORADORES

Dr PEDRO RAPOSO DE FIGUEIREDO – comunicação: “ALIENAÇÃO PARENTAL: ENTRE O CONCEITO E O PRECONCEITO – A PRÁTICA JUDICIÁRIA”
– Licenciatura em Direito pela Universidade de Coimbra.
– Assistente de investigação no Observatório Permanente da Justiça, do Centro de Estudos Sociais da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.
– Juiz de Direito na área da Família e das Crianças nos Tribunais de Pombal, Ansião, Figueiró dos Vinhos e Leiria.
– Juiz Internacional nos Tribunais de Timor-Leste, responsável pela formação e mentorização de juízes nacionais de Timor-Leste no âmbito do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento.
– Actualmente é Juiz de Direito no TFM de Coimbra
– Paralelamente ao exercício da judicatura, tem assumido funções de docente em cursos de pós-graduação e participado, como orador, em ações de formação, congressos, mesas redondas e conferências, sempre na área do Direito da Família e das Crianças, em cujo âmbito tem publicado também artigos científicos.
– Docente convidado do Centro de Direito da Família da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.
-Desde setembro de 2018, exerce a docência no Centro de Estudos Judiciários, na área do Direito da Família e das Crianças.
Informações sobre o evento em:
https://www.facebook.com/events/932115406974025/

FOTO PEDRO RAPOSO FIGUEIREDO